quinta-feira, 9 de abril de 2009

Eu mereço??


Vento No Litoral Legião Urbana


De tarde quero descansar

Chegar até a praia e ver

Se o vento ainda está forte

E vai ser bom subir nas pedras

Sei que faço isso pra esquecer

Eu deixo a onda me acertar

E o vento vai levando

Tudo embora...

Agora está tão longe

ver a linha do horizonte me distrai

Dos nossos planos é que tenho mais saudade

Quando olhávamos juntos

Na mesma direção

Aonde está você agora

Além de aqui dentro de mim...

Agimos certo sem querer

Foi só o tempo que errou

Vai ser difícil sem você

Porque você está comigo

O tempo todo

E quando vejo o mar

Existe algo que diz

Que a vida continua

E se entregar é uma bobagem...

Já que você não está aqui

O que posso é cuidar de mim

Quero ser feliz ao menos

Lembra que o plano

Era ficarmos bem...
Música linda, linda do Legião Urbana. Pensei em levá-la para trabalhar adjuntos adverbiais com uma turma, então copiei, colei, imprimi...
Entreguei a música para os alunos, liguei o DVD na escola e fiquei espantada com a reação deles. Como se eu tivesse levado uma coisa muito cafona,começaram a cochichar entre si. Alguns nunca tinham ouvido Legião. Perguntei entao se conheciam outros grupos como Paralamas, Kid Abelha, e nem responderam.
Pensei que o problema poderia ser o tempo. Ana Carolina? Balançaram a cabeça que não. Fiquei desesperada e tive curiosidade : O que vocês ouvem?? Responderam: Sorriso Maroto, Pixote, Jeito Moleque, Belo...
Perdi a voz, falei pra circularem os adjuntos adverbiais da música e fui dar uma volta, tomar um café na secretaria. Jogaram um balde d'água fria em mim.
Voltei à sala, revigorada. E conversei com eles sobre cultura, sobre como é bom conhecer coisas que não pertencem a nossa realidade, falei de artes e muitas outras coisas. Coloquei a música , ouviram e alguns até cantaram.
Fiquei surpresa e com pena, muita pena de ainda haver tantas pessoas que não têm acesso não só a músicas, mas à cultura em geral.
Vida de professor... ai,ai!!

14 comentários:

  1. essa musica é linda!!!
    entra no meu blog também, lá só falo de música!!

    www.osomdanoticia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá! :)

    Calma. Não se desmotive porque os alunos não têm o mesmo gosto que você.
    Cultura é algo tão inexplicável que não se deve ditar o que é bom ou ruim.

    Continue assim. Ponha o que você considera cultura e pouco a pouco deixe-os à vontade para decidir o que é melhor para os ouvidos e para a cabeça deles.

    Um abraço, tenha uma páscoa iluminada.

    ResponderExcluir
  3. essa musica eh bem emocionante, apesar de algumas pessoas n darem valor... as músicas de hoje são depravantes e Todas dizem a mesma coisa...Bom .... espero que esteja com sorte e encontre alguns de seus alunos que valorizem a boa e verdadeira música.

    ResponderExcluir
  4. É, realmente é uma pena... Mas eu sempre gostei das aulas de português! rs

    Se tiver tpo, me visite:

    http://www.letraetela.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Olá Nívea, pois é, seu relato mostra bem o drama pelo qual passa a música brasileira. Para Legião e Kid Abelha ainda cabia (mesmo que um pouco forçado) o argumento de que era de outro tempo, mas o problema não se resume a isso, é um círculo vicioso que cada vez fica pior.

    Obrigado pela visita ao meu humilde blog! Vou ser seu seguidor. Gosto muito de blogs como o seu, autorais, em que o autor chega e digita ele mesmo sua visão do mundo.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Ah, mas são poucas pessoas que vão conseguir entender uma poesia ou até mesmo uma música de crítica social do Legião. A gurizada não vem sendo educada para pensar: eles querem a informação toda mastigada. Por causa disso, até acho bom que mal tenham ouvido falar em Legião. É muito bom para ser compartilhada com qualquer um. Odiaria que "Vento no litoral" fosse tema de novela e caísse no gosto do povo, virando modinha (ui).

    ResponderExcluir
  7. Pois é. Já levei algumas músicas dos Engenheiros e dos Titãs também, já que muitas dessas músicas são utilizadas em concursos públicos e até mesmo no Enem.Minha intensão é ensiná-los a interpretar, pensar, viajar na música.

    ResponderExcluir
  8. Com certeza vc gosta de maquiagem.

    Vim lhe convidar para conhecer o meu blog:

    www.likeamake.com

    beijos

    ResponderExcluir
  9. Eu não acompanho esses conjuntos/cantores de pagode, não faz o meu gênero escutar uma música que não passa nenhuma mensagem importante.

    Bem, eu não acho q seja justo dizer q esses alunos não tem acesso à cultura, pq a cultura ta em toda parte, mesmo na música do Belo, Sorriso Maroto e Cia., é o que eles gostam! Assim como você gosta de Legião ou Ana Carolina.
    Também acho uma pena que a música boa tenha se perdido no tempo ou nas classes, mas é isso: continua sendo cultura, tanto a boa quanto a ruim.

    se puder: www.hoppipollablog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. vou ser sua seguidora (desculpa desapontar com mais um comentário meu. XD).

    ResponderExcluir
  11. Coloquei como um desabafo.Muito bom ouvir opiniões diferentes.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  12. Concordo com a ideia de que a cultura está em toda as músicas, mas sei o que vc sentiu. Também adoro trabalhar música com os meus alunos, e vira e mexe isso acontece.
    Mas pense pelo lado bom você está mostrando a eles algo novo e ensinando-lhes que devemos estar "antenados" e não alienados.
    Há um ano, tive um aluno que não conhecia o Legião e depois de uma aula com Pais e Filhos ele virou fã. Outro nunca tinha ouvido falar em Gabriel o Pensador, e depois de ouvir Brazuca adora fazer interpretações com temas relacionados à injustiça social. Isso é assim mesmo. O importante é lançar a semente.

    ResponderExcluir
  13. Não fique triste querida Nívea. Deixo-te um consolo. Imagine a situação inversa: Professores refratários a cultura, sem motivação para ler uma revista Época, Veja, Galileu, etc., ouvindo o tempo todo Banda Calipso e forró com letras xulas e obscenas. Alunos que odeiam Djavan, Caetano Veloso, Ivan Lins, etc. Dá para imaginar as atividades de língua e literatura? Dá para imaginar a pobreza de vocabulário e a falta de assunto numa roda de conversação com essas criaturas? Dá prá imaginar um mix de rádios FM que nunca tocam o fino da nossa MPB? Esses lugares existem Brasil afora, aos borbotões. Por força das minhas atividades atuais resido em um deles. Agora imaginem um carioca nascido e criado na boa Villar dos Teles (RJ), apreciador de Tereza Cristina, Paulinho da Viola, Dolores Duran, Cartola, Roupa Nova, Kid abelha, etc, vivendo num lugar assim. Se não existisse a Internet já tinha baixado PNP

    ResponderExcluir
  14. já aconteceu o mesmo comigo...chorei na sala dos professores, senti algo que nunca havia sentido antes, uma saudade de quando eu estava no lugar daqueles alunos... saudade de professores que me apresentaram pra muitas musicas boas que ouço até hj...

    ResponderExcluir